É o sistema

chaplinHá 15 dias descobri que tenho uma dívida na imobiliária, referente ao apartamento em que morava anteriormente, e do qual saí em julho do ano passado. Desde então, tenho morado em um apartamento alugado pela mesma imobiliária, e apenas 15 dias atrás descobri que devo R$120 a ela. Oquei. Até aí tudo bem se você pensar bem. Devo, não nego, disse para a moça que me fazia a cobrança por telefone, mas você poderia me dizer o que vocês estão cobrando? Aí o negócio complicou.

Ela disse que era um valor x da leitura do gás de junho que não havia sido cobrado, e que havia outra rubrica no boleto, chamada “benfeitorias”. Estranhei, como assim? Paguei um valor x quando saí do apartamento justamente para que fossem feitos os reparos necessários no imóvel quando eu o desocupei. A moça da cobrança não sabia me dizer que “benfeitorias” eram essas. Pediu que eu desligasse, ligasse novamente, e entrasse em contato com alguém do setor de desocupação, que aí eu teria minha dúvida esclarecida. Pois bem, fiz o procedimento. No setor de desocupação me disseram que eu aguardasse, que iriam investigar.

Esperei uma semana. Ninguém me deu um retorno. Ligo novamente. Alguém me transfere para o jurídico, não sei por que. Explico a situação. “É o sistema, senhor.” Me responde a moça do outro lado da linha. Fiquei irritado. “Tá, mas tem um humano atrás do sistema, e algum humano inseriu essa cobrança e a colocou em meu nome. Apenas quero saber o que estão me cobrando.” (Tá, não disse exatamente isso, mas foi quase). Ela disse que era incapaz de resolver o meu problema. Pediu que eu ligasse para a desocupação. Liguei. Dessa vez parece que meu caso havia progredido. Descobriram que a pessoa que fez a inserção da cobrança no sistema não trabalhava mais na empresa, e que a pessoa que agora está no seu lugar iria abrir os e-mails antigos do ex-funcionário para descobrir que cobrança era aquela que havia sido solicitada. Além disso, descobriram que não era “benfeitoria”, apesar de constar sob essa rubrica. Era algo que o dono do apartamento pediu que cobrassem de mim, mas que ainda não sabem o que é.

Isso tudo por enquanto. Quero ver o que vai acontecer quando eu reclamar que querem me cobrar juros por uma dívida de setembro que eu só vim descobrir que tinha há duas semanas. Meu número antigo de celular está com minha sogra. Esse número começou a receber mensagens da imobiliária em dezembro, pedindo que eu entrasse em contato com eles (recebi mais algumas depois, não lembro quantas). Eu entrei, em cada uma das vezes que recebi a mensagem. O que me respondiam? Ninguém entrou em contato com o senhor, não consta nada no “sistema”. Como é que um ano depois me acharam, se nesse tempo todo eu continuava inquilino da mesma imobiliária? Não sei, vai ver eu estava perdido em algum labirinto do “sistema”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s