Narciso Negro (Michael Powel, Emeric Pressburger, 1947)

Vi as imagens desse filme lá no Quixotando.wordpress.com e não pude deixar de perceber a incrível beleza delas. Não resisti e baixei o filme. É um trabalho de mestre, cada quadro parece ser obra de artesanato e não há uma sombra ali que não signifique alguma coisa. Há cenas em que o jogo de luz e sombra sobre os olhos da irmã Ruth faz toda a diferença.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s